BLOG

Move Up no Poker by Ramonkrop

18 de outubro de 2019 | Poker news

Entrei no Midas em Outubro de 2015 logo após voltar de um intercâmbio e já tinha na cabeça que ia tentar me profissionalizar no poker, neste momento o Midas me dá uma chance e eu abraço com todas as forças. O começo é muito parecido com a maioria, quem procura um time de poker provavelmente já teve alguns resultados legais e acha que entende tudo no jogo, eis que você conhece um mundo novo onde varias pessoas estão lá a mais tempo e sabem MUITO mais do que você. Foi um choque de realidade muito bom, aprendi muito no começo e logo percebi que não sabia nada.

O meu primeiro ano foi muito conturbado, eu não ganhava e achava que nunca ia ganhar, pensei varias vezes que o jogo não era pra mim e por muitas vezes pensei em desistir, por sorte , talvez um pouco de insistência minha eu persegui e superei o primeiro ano, onde fiz 8 mil jogos e perdi 2 mil dólares, o que é muito normal para um average buy in de 17 dólares;

Vem 2017 e não mudou muita coisa no início, mas passei a entender a natureza do jogo, e que por mais que você se esforce não existe meritocracia neste meio. Mesmo assim as coisas já começaram a melhorar, meus buy ins dobraram e foram para 35 dólares de média e meus lucros também subiram, porém não de uma maneira muito agradável , foram 6 meses bons e 7 horríveis, finalizei com 7 mil jogos e 25k up;

Chega 2018, e houveram dois pontos chave na minha vida que me ajudaram muito, me formei na faculdade e pude me dedicar em tempo integral ao poker, o que é muito importante em um meio concorrido como o nosso, e também comecei dar aula para o Midas Micro. Basicamente eu passei a respirar poker, acordava e já dava aulas ou estudava, e acredito que isso tudo está muito relacionado ao meu sucesso. Em 2018 fiz  6 mil jogos tive quase 50 mil dólares de lucro com um buy médio de 45 dólares;

Chega 2019 e logo no início do ano eu fui convidado pelos meus backers a me juntar a eles e me tornar sócio do time, e obviamente aceitei. Aqui sim o sentimento de reconhecimento foi indescritível e logo depois tive meu primeiro big hit, ganhei um evento do Poker Stars FRESPT e 60 mil dólares, uma sensação única e um sentimento de recompensa por todos os anos de esforço, mesmo sabendo que na prática não existe muito desse mérito. Tive outros bons resultados durante o ano o que me permitiu dar alguns tiros no mundo dos high shakes, até o momento já foram 4 mil jogos jogando um buy in médio de 70 dólares e pouco mais de 110 mil dólares positivo.

 

Achei legal poder dividir essas informações com todos vocês para que tenham em mente o quão importante é fazer o move up gradual dos nossos buy-ins. Estar bem preparado, focado e disposto a correr os riscos que este desafio nos oferece é fundamental para lograr êxito nesta missão. Ser responsável para ser sustentável, uma lição para o Poker e para nossas vidas!

Ramon Kropmanns

Veja algumas notícias sobre o mundo do poker.
18 de outubro de 2019
Move Up no Poker by Ramonkrop
2 de setembro de 2019
Preparação para o WCOOP